info Declaração sobre o COVID-19

Apesar de o vírus estar afetando a todos de formas diferentes, os nossos cursos online continuam, como planejado.
Considere a oportunidade de se juntar à nossa sala de aula global e online, tendo, dessa forma, uma experiência enriquecedora e interativa que vai estimular a sua carreira.

Como estruturar uma estratégia de marketing robusta?

Emeritus |11 fevereiro, 2020 | 6 - minutos para ler

O marketing é uma forma essencial de agregar valor aos seus produtos, guiar uma empresa rumo à escalabilidade e mostrar novos caminhos de negócio. Porém, para ser de fato eficiente, é preciso trabalhar uma estratégia de marketing robusta, que olhe para diversas vertentes e, acima de tudo, para o público.

Em um momento no qual o marketing digital oferece tantas oportunidades de comunicação, fortalecer o planejamento se torna, ainda mais, um diferencial para as organizações.

De acordo com a pesquisa brasileira Maturidade do Marketing Digital e Vendas, 95% das pessoas que apostam no digital afirmam que as suas estratégias podem melhorar. Se você anda questionando o seu planejamento de marketing, siga adiante na leitura para mais insights.

Por que uma estratégia de marketing é tão essencial?

As necessidades do público mudam de tempos em tempos, assim como novos produtos e formas de se comunicar surgem. Supondo que o seu negócio esteja indo bem e a sua estratégia também, deixar de observar as inovações nem de longe é uma atitude que pode melhorar os seus diferenciais competitivos.

Quando você tem tanta certeza no seu sucesso que acredita ser desnecessário olhar a concorrência, pode perder posições importantes em longo prazo. Com uma estratégia de marketing sempre atualizada, é possível se manter à frente, perceber gargalos para corrigi-los ou pontos fortes para serem otimizados.

Além disso, ao estabelecer a estratégia, toda equipe consegue trabalhar alinhada, as decisões são feitas com um objetivo comum e há menos estresse quando algo não dá certo, pois basta revisar o plano.

Como montar uma estratégia robusta?

estratégia de marketing

Uma estratégia de marketing detalha as metas e os objetivos de longo prazo de uma empresa. Para isso, deve-se olhar para o todo e ter total entendimento do negócio para agregar valor a cada produto. A seguir, você entende o que uma estratégia forte pede.

Definir os objetivos

Ao estabelecer as intenções, a estratégia de marketing fica mais clara, mesmo que os objetivos sejam variados — por exemplo, melhorar o branding, aumentar a quantidade de leads e, consequentemente, a conversão. O importante é ter um ponto de partida para orientar as próximas ações.

É fundamental que, assim como os objetivos, cada nova etapa do trabalho chegue ao conhecimento dos envolvidos para que a equipe trabalhe conjuntamente e na mesma direção.

Descrever a(s) persona(s)

No marketing, persona é um perfil fictício que define o cliente ideal para o negócio. Na prática, todas as ações devem se voltar a esse conjunto de pessoas. Algumas empresas, produtos e soluções podem ter mais de uma persona e todas devem ser trabalhadas.

Para definir uma persona, palpites e achismos ficam de lado. É preciso se basear em dados e pesquisas, caso contrário, você está trabalhando no vazio e, sem definições acertadas, os objetivos se tornam complicados de serem alcançados.

Escutar o público

Você já deve ter ouvido falar sobre o conceito de Customer Centric, que coloca um cliente no centro de todas as ações de uma organização. Assim, ouvir o que os consumidores têm a dizer é uma parte importante de toda estratégia de marketing. Senão, você está deixando de lado a principal fonte de informações.

É importante estabelecer canais de contato, seja o telefone, e-mail e as mais diversas redes sociais — e se importar verdadeiramente com os feedbacks recebidos, revendo ou otimizando produtos, serviços ou atendimento.

Encontrar a voz da marca

Supondo que o seu público seja composto por pessoas de 15 a 28 anos, é preciso adaptar o seu discurso. Uma linguagem mais jovem, trabalhar com memes, vídeos e apostar nas redes sociais é uma forma de se aproximar desses possíveis clientes.

Além disso, é interessante trabalhar uma causa que conecte ainda mais a sua empresa aos consumidores. Marc Benioff, que é fundador, presidente e co-CEO da Salesforce, afirma que, para serem verdadeiramente bem-sucedidas, as empresas precisam ter uma missão corporativa muito maior do que apenas obter lucro.

Buscar os melhores canais de divulgação

Uma vez que você já tem a persona, a voz e os objetivos definidos, é importante pensar sobre os canais que serão usados para que a sua estratégia seja colocada em prática. Você pode pensar em blogs, redes sociais, ferramentas de Outbound Marketing, mas, sobretudo, deve acompanhar todas elas, mantendo-as atualizadas.

Quando você conhece o seu público, fica mais simples entender onde ele está e como vai se interessar pelos seus materiais, estabelecendo uma comunicação que pode levar a um relacionamento mais sólido.

Marcar o seu espaço no ambiente digital

Ações de Inbound Marketing são cada vez mais frequentes, uma vez que a forma de comprar e pesquisar sobre soluções mudou e envolve a internet na maior parte do tempo. De acordo com estudo do Capital Retails Bank, 81% dos consumidores fazem uma pesquisa online antes de uma compra grande.

Por isso, é essencial marcar o seu espaço na internet, seja em blogs, redes sociais ou com vídeos. Quando você oferece conteúdos bem-feitos, estabelece uma relação de confiança que pode melhorar os seus números de conversão.

Automatizar é preciso

Toda estratégia de marketing, principalmente quando falamos do digital, sai ganhando quando se aposta em ferramentas de automação. Elas permitem que as atividades repetitivas sejam automatizadas para que os profissionais cuidem do cérebro da estratégia. Com esse tipo de software, as informações ficam armazenadas em um único lugar — disponível a todos, é possível tomar decisões baseadas em dados e a estratégia pode seguir de forma linear e clara.

Ter métricas

Estabelecer quais serão os KPIs (sigla para Key Objective Results, ou seja, principais indicadores de desempenho) é fundamental para que a equipe entenda a evolução e possa otimizar o crescimento ou mesmo consertar algum detalhe no caminho.

É interessante contar com diversas métricas que permitam uma visão ampla do negócio e conversem entre si, sempre tomando cuidado com as famosas métricas de vaidade que não dizem muito. Por exemplo, curtidas em uma postagem são vazias se elas não ajudam na conversão ou geração de leads.

Revisar a estratégia com frequência

É fundamental olhar as métricas o tempo todo e entender como a estratégia tem avançado. Se estiver estagnada ou retraindo, é importante repensar os passos e buscar soluções o quanto antes. O marketing digital permite essa mobilidade e resiliência, por isso, cabe às empresas fazerem o seu uso.

Uma estratégia de marketing robusta e sempre revisitada é essencial para que uma empresa não caminhe no escuro, esteja em dia com os seus objetivos e entenda o que as métricas estão apresentando. Assim, é possível corrigir ou aperfeiçoar o plano, principalmente quando o marketing digital entra em cena, oferecendo dados em tempo real.

Tal como qualquer empresa, uma estratégia de marketing deve ser encarada como um organismo vivo, que precisa de mudanças e direcionamentos para seguir em frente.

Assine a nossa newsletter para seguir recebendo, no seu e-mail, conteúdos sobre marketing que possam agregar crescimento à sua organização.

Comente

Receba Conteúdos exclusivos
sobre Business Management!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.