info Declaração sobre o COVID-19

Apesar de o vírus estar afetando a todos de formas diferentes, os nossos cursos online continuam, como planejado.
Considere a oportunidade de se juntar à nossa sala de aula global e online, tendo, dessa forma, uma experiência enriquecedora e interativa que vai estimular a sua carreira.

Empreendedores famosos: aprenda com quem realmente entende

Emeritus |15 novembro, 2019 | 6 - minutos para ler

Segundo o dicionário Michaelis, a palavra empreender significa tentar, pôr em execução, realizar. O ato de empreender, seja abrindo um novo negócio, seja estando à frente de uma equipe como líder, é algo desafiador e trabalhoso. É uma tarefa que exige coragem, conhecimento e constante evolução. Por isso, nada melhor do que aprender com empreendedores famosos que já percorreram esse caminho e conquistaram o sucesso.

Continue lendo e saiba mais sobre o estilo de liderança e as crenças dos empreendedores Jack Ma, Jeff Bezos, Elon Musk e Reid Hoffman. Com certeza, você aprenderá muito com a trajetória dessas pessoas que realmente entendem sobre empreendedorismo e liderança!

Jack Ma

O empreendedor chinês Jack Ma pode já ter se aposentado e, por isso, estar longe do dia a dia do seu negócio bilionário. Contudo, suas ações, seus discursos e seu comportamento como líder ainda geram ensinamentos a empresários e empreendedores do mundo todo. Ele é um grande exemplo não só pelo sucesso do e-commerce Alibaba, como também por suas habilidades e seu estilo de liderança. De acordo com Ma, tudo isso fez com que o sonho da Alibaba se tornasse realidade e um sucesso.

Se pudéssemos definir Ma em poucas palavras, elas seriam: um líder carismático e visionário. Seu carisma pode ser comprovado por suas apresentações descontraídas ao som de Rei Leão ou então vestido de rock star. Isso faz parte da sua essência. Além disso, ele já afirmou em diversas entrevistas que não é porque estava à frente de um negócio bilionário que perderia o seu senso de humor.

Um verdadeiro visionário

empreendedores famosos: homem olhando para tablet em ambiente iluminado

É possível dizer que Ma é um líder visionário, pois sempre relembra a missão da Alibaba em seus pronunciamentos e suas entrevistas — resgatar o senso de propósito e cultura da China. Por ter essa missão tão clara, suas atitudes acabam comprovando que é uma pessoa tenaz que sabe o caminho a seguir para alcançar seus objetivos.

É importante ressaltar que essa é a missão da empresa, e não de Jack Ma. Isso é salientado em todas as suas interações com aqueles que trabalham na Alibaba. O chinês entende que não é possível convencer todos a confiar nele e a ouvi-lo. Esse fator colabora para a união das pessoas pelo objetivo da empresa (e não pelos propósitos pessoais do founder), além de fazer com que ele, como líder, esteja mais aberto a mudanças. Tal união se tornou uma forte característica da Alibaba, como reflexo, de seu até então líder.

O segredo do sucesso da Alibaba

Em sua posição como líder, Ma sempre tenta trazer à equipe a visão do consumidor. Ou seja, por meio de um processo de empatia, ele se coloca no lugar do usuário e visualiza um novo projeto ou produto como fosse o consumidor. Esse tipo de comportamento é um dos motivos que levou o e-commerce a ser um grande sucesso.

Outro fator que podemos relacionar ao êxito do e-commerce é a compreensão de Ma de que os seus funcionários devem ser técnicos melhores do que todas as suas lideranças, até mesmo a sua. Ou seja, devem ser especialistas e ter o conhecimento específico da sua área, deixando para o líder apenas o papel de condução e gestão pessoal.

De modo geral, Jack Ma tem uma visão totalmente voltada para alcançar a sua missão e não para o fato de ganhar dinheiro. Por seu posicionamento democrata, o pensamento e as ideias dos seus funcionários são muito importantes para a empresa. Por isso, na sua opinião, é fundamental acreditar na capacidade de todos, pois, dessa maneira, novas oportunidades serão criadas.

Jeff Bezos

A Amazon é uma empresa que nasceu na era digital, e podemos dizer que é uma das responsáveis por muitos dos aspectos que caracterizam a transformação digital do mercado nos mais diversos segmentos. Isso é reflexo do seu líder, o CEO Jeff Bezos, que desde o Day 0 da Amazon requisita e incentiva todos a inovar e diversificar nos produtos, serviços e processos da empresa.

No livro sobre a história da Amazon — A Loja de Tudo —, a percepção de figuras importantes da empresa sobre Jeff Bezos é colocada de forma detalhada. De acordo com os depoimentos, o líder é uma pessoa que acredita fortemente nas suas ideias e que, de um modo ou de outro, faz com que a equipe acredite nos seus pensamentos que podem parecer não fazer sentido em um primeiro momento.

O comportamento agressivo de Bezos

Há diversos relatos de funcionários que mostram um lado agressivo do CEO da Amazon — como esta reportagem do New York Times —, que também são refletidos nos princípios de liderança da empresa. Contudo, para Bezos, a empresa retratada pela reportagem não é real. De acordo com a sua resposta, caso o ambiente realmente fosse esse descrito, a Amazon não sobreviveria e nem teria tanto sucesso no mercado no qual está inserido.

Algo que não podemos negar é a sua agressividade no que se refere a estratégias de marketing e expansão da empresa. Apesar das críticas a esse perfil, é possível aprender muitas lições com Bezos sobre isso. Afinal, o sucesso da Amazon é algo inegável e sua fortuna de 150 bilhões de dólares está diretamente relacionada à sua liderança e visão de futuro.

Visão de longo prazo

Esse é o aprendizado mais interessante que podemos ter com a trajetória de Jeff Bezos. Em sua visão, Bezos acredita que pensar em longo prazo traz mais chances de inovação, pois, desse modo, é possível fazer experimentos diversos e superar qualquer possível falha que exista. Por esse motivo, o norte-americano está sempre pensando na relevância da Amazon em um futuro não tão próximo. Dessa forma, há a construção de um sucesso sustentável.

Pode não parecer, mas essa visão de longo prazo ajudou muito a empresa a se tornar reconhecida pelo seu atendimento e relacionamento com seus clientes. O foco no cliente (customer centric) e o modo como a Amazon se preocupa com a experiência dos consumidores (customer experience) são outros fatores que devemos aprender com Bezos.

Há uma frase de Bezos que resume, de forma simples e direta, o que é e como a Amazon foca no seu usuário: "Se você estiver focado no concorrente, terá que esperar até que ele faça algo. Ser focado no cliente permite que você seja mais pioneiro". Dessa forma, o líder deve sempre questionar se o trabalho que está sendo realizado está contribuindo de forma positiva para a experiência do consumidor.

Contudo, ele também acredita que é preciso estar de olho no mercado. Inclusive, há duas premissas colocadas por Bezos que são de extrema importância para qualquer negócio:

  • não adianta nada ter um ótimo produto, mas que não tem mercado para seu comércio. A empresa virá à falência nesse caso;
  • se você tem um produto mediano ou medíocre que está em um mercado muito disputado, seus concorrentes tomarão os clientes de você.

Por isso, é fundamental entender o mercado em que você está inserido, assim como as tendências que são relevantes para o seu negócio. Assim será possível prever, da melhor forma, como tudo isso afeta o comportamento do seu consumidor.

Missão complexa, mensagem simples

A visão e a missão da empresa são extremamente importantes para Bezos e para a Amazon. Esses dois fatores estratégicos são levados em consideração em todas as tomadas de decisão da empresa.

Explicar, transmitir e fazer com que todos acreditem na missão da empresa em que trabalham pode ser algo desafiador. No entanto, isso é recompensador e pode ser o segredo do sucesso. Por isso, as mensagens em qualquer comunicação de Bezos são feitas sempre em uma linguagem simples. Mas isso não significa que o pensamento seja simples.

A fim de melhorar a troca e a comunicação em reuniões, a Amazon adota um método muito interessante, que não utiliza qualquer apresentação de PowerPoint nos encontros. Sempre ao iniciar uma reunião, os participantes recebem um documento com todas as informações necessárias para um encontro e uma discussão mais produtivos. Só depois da leitura é que a reunião realmente inicia. Para o CEO, essa foi a coisa mais inteligente que eles já fizeram na Amazon.

Elon Musk

Elon Musk é um líder e empreendedor desde criança. O criador da Tesla e da SpaceX fundou sua primeira empresa aos 11 anos ainda na África do Sul, onde nasceu, vendendo-a por US$500,00.

Hoje, ele é considerado pela Forbes um dos mais criativos e visionários líderes da atualidade. A criatividade é um dos mais importantes fatores humanos para o sucesso da liderança de indivíduos e empresas. Uma excelente explicação, dada também pela Forbes, é que os líderes criativos não temem o fracasso, pois têm consciência de que aprenderão com os erros.

Em diferentes entrevistas, diversos funcionários e ex-funcionários das empresas de Musk afirmam que ele tem grande capacidade de fazer com que todos acreditem na sua visão. O trabalho para alcançar os objetivos de Musk podem ser exaustivos até mesmo para a equipe, uma vez que há relatos de funcionários que trabalharam 100 horas por semana.

Decisão guiada por uma visão de longo prazo

Sua visão é seu principal guia para tomadas de decisão. Como o fracasso não é mal visto pelo empresário, os feedbacks são fundamentais para seu crescimento como pessoa e profissional. Isso é demonstrado por uma famosa frase de Musk: “Pense constantemente em como você poderia estar melhorando as coisas e se questionando". Esse pensamento demonstra que o empreendedor acredita que o feedback ajuda a refinar suas ideias e a chegar mais próximo do seus objetivos.

De modo geral, a ousadia e o envolvimento de Musk em produtos e serviços que pretendem mudar a maneira como vivemos é algo muito importante e inspirador para todos os empreendedores, famosos ou não. No momento atual em que vivemos, é fundamental pensar em como a tecnologia pode ajudar ainda mais as nossas vidas.

Reid Hoffman

Reid Hoffman é um dos fundadores do LinkedIn e já tem em sua trajetória profissional empresas como Microsoft, Apple e PayPal. Esse pode ser um dos motivos pelos quais é tão desejado como investidor pelas novas startups do Vale do Silício.

É interessante destacar que, na sua época como universitário, Hoffman queria ser professor. Entretanto, acabou por seguir carreira de empresário por conta da emoção que essa vida poderia lhe proporcionar. Muito dessa vontade de seguir carreira acadêmica é refletida nos comportamentos e nas crenças de Hoffman como líder.

Pessoas, velocidade e simplicidade

empreendedores famosos: mulheres realizando reunião em escritório

Ele acredita muito nas pessoas e, para ele, o sucesso de um gestor está diretamente relacionado ao quanto ele confia na sua equipe. Esse é um dos pilares da sua estratégia como líder, que tem também como base velocidade e simplicidade.

Os empreendedores devem se mover rápido, mas precisam ir desacelerando o processo de decisão conforme a empresa cresce. Assim, aos poucos, devem ir confiando em seus gerentes para tomar suas próprias decisões. Isso simplificará o processo, mas é importante prestar atenção para não acabar fazendo microgerenciamento, pois isso é prejudicial.

Um segredo de sucesso de Hoffman está na contratação de sua equipe. O fundador do LinkedIn prioriza a personalidade dos indivíduos e não suas habilidades técnicas, o que está diretamente ligado à confiança que você tem na equipe. Quando há confiança, é mais fácil ser honesto com aqueles que possam estar trabalhando de modo desalinhado com os objetivos da empresa, pois há abertura para essa conversa.

Conexão em rede

A conexão das pessoas em rede é uma das questões que leva o empresário a investir em uma empresa. Ele acredita no potencial das pessoas e ainda mais na troca de experiências, pois todos têm pontos fortes e fracos que podem e devem se complementar.

Outro ponto bastante importante e que podemos aprender com Hoffman é que sempre que você precisar chamar a atenção de alguém poderoso, ofereça-lhe algo de valor em troca. Mostre que tem algo que somente você pode fornecer. Assim, você comprova que valerá a pena ele ceder um pouco do seu tempo para lhe ouvir.

Se formos reunir os principais aprendizados desses empreendedores famosos, podemos dizer que o primeiro passo é ter um objetivo claro e saber aonde se quer chegar. Após isso, conte e confie na sua equipe de trabalho, tenha contato constante com ela — mas cuidado para não microgerenciar — e olhe para sua concorrência pensando diferente dela.

A evolução profissional e pessoal constante do líder e da sua equipe se torna essencial para empreendedores. Afinal, vivemos o momento de transformação digital em todos os segmentos de mercado. Nesse contexto, é preciso estar sempre em busca de tecnologias e novos produtos e serviços que ofereçam aquilo que o seu cliente espera.

Se você gostou deste conteúdo e quer saber mais sobre como ser um empreendedor durante a transformação digital, confira este conteúdo: "Guia completo: como empreender na era digital".

Saiba qual curso do Emeritus tem tudo a ver com você!Powered by Rock Convert

Comente

Receba Conteúdos exclusivos
sobre Business Management!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.