info Declaração sobre o COVID-19

Apesar de o vírus estar afetando a todos de formas diferentes, os nossos cursos online continuam, como planejado.
Considere a oportunidade de se juntar à nossa sala de aula global e online, tendo, dessa forma, uma experiência enriquecedora e interativa que vai estimular a sua carreira.

8 tendências do marketing digital para ficar de olho

Emeritus |09 julho, 2020 | 6 - minutos para ler

Acompanhar as tendências do marketing digital é fundamental para atualizar as estratégias da empresa e obter os resultados desejados com as campanhas criadas. As inovações acontecem a todo momento, então os profissionais da área precisam trabalhar constantemente para entender quais são as novidades e se adequar.

Esse é um cuidado necessário para conseguir atingir o público desejado e se manter competitivo no cenário digital — fator importante para construir uma imagem mais forte para a sua marca e conquistar bons resultados nas estratégias de marketing.

Pensando nisso, preparamos um conteúdo completo com as principais tendências do marketing digital para você se atualizar. Continue a leitura e saiba mais!

As 8 principais tendências do marketing digital

1. Mobile marketing

O uso de dispositivos móveis é cada vez mais frequente quando os usuários navegam na internet. Conforme pesquisas realizadas pela Salesforce, no final de 2019, 80% do tráfego digital foi feito por tablets ou celulares. Dessa forma, o mobile marketing é uma tendência que deve ser observada pelas empresas.

Não basta mais focar apenas nos navegadores utilizados em desktops e notebooks, sendo fundamental pensar em como será a apresentação em celulares e tablets. Assim, ao desenvolver sites, é necessário garantir um design responsivo e uma boa experiência para o usuário ao utilizar esses dispositivos.

2. Big Data

tendências do marketing digital

Quando se fala em gestão, a tomada de decisões baseada em dados é fundamental para a criação das melhores estratégias para o negócio. A regra é a mesma quando se trata de marketing digital, então, a empresa precisa verificar as informações para prever e analisar o mercado.

Assim, o Big Data ocupa cada vez mais espaço na definição de estratégias de marketing ao permitir uma avaliação aprofundada de um alto volume de informações. Com base nisso, é possível segmentar e personalizar os conteúdos, identificar as mudanças no consumo e fazer as adaptações necessárias para acompanhar o mercado.

3. Inteligência artificial

A inteligência artificial ganha cada vez mais espaço no marketing. Além dos chatbots que são utilizados para otimizar o atendimento ao cliente, ela também é aplicada em serviços de reconhecimento de voz e assistentes pessoais. O objetivo é oferecer uma experiência mais próxima aos usuários, mesmo que seja feita de forma automatizada.

Outro ponto importante é a melhoria na tecnologia utilizada no processamento de informações, permitindo a segmentação do público de forma mais específica. Isso pode ser usado tanto para direcionar a produtos ou serviços de interesse dos usuários quanto para campanhas sazonais, auxiliando na implementação de ações de marketing mais efetivas.

4. Conteúdo audiovisual

Os conteúdos em vídeo são cada vez mais frequentes, pois ajudam no consumo ágil da informação e conseguem chamar a atenção do público. Além disso, é possível utilizar outros recursos visuais para facilitar a compreensão sobre os temas abordados.

No mesmo sentido, a busca por conteúdos em áudio também é uma tendência, permitindo o acesso às informações enquanto o usuário realiza outras atividades. Isso pode ser feito com podcasts ou, até mesmo, incluindo um player com o áudio em blog posts.

5. Melhorias na busca por voz

Alguns estudos demonstram que, ainda em 2020, 50% das pesquisas na internet serão realizadas por voz — e até 2022 a previsão é de que até 50% dos consumidores façam compras utilizando o mesmo recurso. Como consequência, essa ação se tornou uma das grandes tendências do marketing digital.

Isso exige que as empresas otimizem os sites para que eles façam parte dos resultados das buscas por voz, considerando a estrutura semântica utilizada na fala. Ao planejar os conteúdos e as palavras-chave, é necessário pensar em como o usuário falaria ao efetuar a pesquisa, sem focar apenas na parte escrita.

6. Investimento em influenciadores

Os influenciadores digitais são pessoas que produzem conteúdo nas redes sociais e, muitas vezes, inspiram o comportamento do público. Por isso vale a pena investir nas parcerias entre empresas e esses profissionais, uma vez que eles se tornam defensores da marca e levam seus seguidores a conhecer os produtos ou serviços ofertados.

Por muito tempo, o foco era maior no número de followers, mas a tendência agora é buscar pessoas que tenham autoridade em determinados segmentos. A ideia é contar com parcerias que tenham influência para determinado público, pois isso garante mais valor ao conteúdo e aumenta as chances de conseguir uma audiência realmente engajada.

7. Aumento da busca visual

A busca por imagens é cada vez mais frequente, logo, uma das tendências do marketing digital é a otimização e o aumento de conteúdos que atendam essa demanda. Nesse sentido, ferramentas como o Google Imagens e a rede social Pinterest são bastante utilizadas pelo público.

Quando o usuário faz buscas com base na imagem, é possível que ele encontre produtos de seu interesse em lojas virtuais. Assim, é preciso aplicar técnicas de SEO para imagens, com o objetivo de fazer com que o seu site apareça nos resultados de pessoas que realizam esse tipo de pesquisa.

8. Personalização da experiência do usuário

A criação de conteúdos focados em oferecer uma experiência personalizada para os usuários é cada vez maior. As campanhas são direcionadas com base no perfil e nos hábitos de navegação, aumentando as chances de que a pessoa interaja com o post e melhorando o engajamento.

O segredo para implementar essa tendência é a segmentação de usuários, utilizando ferramentas que permitam identificar seus perfil e interesses. Em um cadastro de newsletter, por exemplo, é possível solicitar alguns dados para criar e-mails personalizados de acordo com cada tipo de público.

A importância da capacitação contínua

Com tantas tendências, é fundamental frequentar eventos de marketing digital, fazer cursos e acompanhar publicações da área de modo a entender as mudanças que devem ser aplicadas para atender as necessidades dos consumidores.

Nesse cenário, o profissional deve buscar capacitação constante a fim de conseguir se manter competitivo, criando conteúdos que acompanhem as mudanças no perfil de consumo e que sejam relevantes para o público. Para tanto, é necessário contar com instituições confiáveis ao construir o seu aprendizado e manter-se atualizado. Somente assim é possível apresentar a expertise necessária para ter bons resultados na área.

Como vimos, acompanhar as tendências do marketing digital é essencial para desenvolver estratégias adequadas ao negócio, garantindo o retorno necessário para o investimento. Portanto, o profissional deve investir em capacitação e acompanhar todas as mudanças.

Este post trouxe informações úteis? Para continuar atualizado com as principais dicas sobre o assunto, assine a nossa newsletter!

Saiba qual curso do Emeritus tem tudo a ver com você!Powered by Rock Convert

Comente

Receba Conteúdos exclusivos
sobre Business Management!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.