info Declaração sobre o COVID-19

Apesar de o vírus estar afetando a todos de formas diferentes, os nossos cursos online continuam, como planejado.
Considere a oportunidade de se juntar à nossa sala de aula global e online, tendo, dessa forma, uma experiência enriquecedora e interativa que vai estimular a sua carreira.

Lean Inception: a metodologia colaborativa para construir um produto viável

Emeritus |14 julho, 2020 | 6 - minutos para ler

A tecnologia avança a passos largos, e empresas que trabalham com produtos digitais precisam apresentar soluções e produtos inovadores cada vez mais rápido para se manterem competitivas no mercado.

No entanto, muitas vezes, as metodologias de criação disponíveis não atendem a essa demanda de maneira satisfatória, fazendo com que muitas organizações percam dinheiro e tempo. É nesse cenário que surge a Lean Inception, uma técnica ágil de construção de projeto.

Neste artigo, apresentaremos o que é a Lean Inception, como funciona essa técnica e quais são as vantagens de utilizá-la na criação de produtos digitais. Acompanhe!

Entenda o conceito de Lean Inception

lean inception

Em um mundo em constante desenvolvimento tecnológico, por conta da transformação digital, levar mais do que alguns dias para criar um produto e atingir um objetivo pode ser crucial para o sucesso ou não de um projeto.

Pensando nisso, Paulo Caroli se inspirou no conceito de Mínimo Produto Viável (MVP) para criar a sua metodologia, a Lean Inception. O objetivo dessa técnica é criar projetos baseados em um ciclo de colaboração muito mais rápido e eficaz.

MVP, sigla em inglês para Minimum Viable Product, é uma versão mais simples de um produto que já possa ser ofertado. Na prática, é um modelo que apresenta as funcionalidades básicas necessárias do produto para que ele tenha valor e possa ser comercializado pela organização.

Após a criação do MVP, a empresa disponibiliza esse produto para os early adopters (primeiros usuários do produto). Em seguida, com os feedbacks colhidos, a organização faz upgrades e cria funcionalidades baseadas nas preferências do usuário.

Todo esse processo pode levar meses quando é utilizada uma metodologia tradicional, fazendo com que empresas percam tempo e dinheiro. Por isso, Caroli construiu uma técnica de criação de um MVP em apenas uma semana, sendo que o intuito dessa metodologia é desenvolver apenas as características necessárias para conseguir, de fato, desenvolver um produto.

Resumidamente, podemos, então, conceituar a técnica de Lean Inception como uma metodologia de criação de produtos de maneira colaborativa, no qual o foco principal é obter o MVP, diminuindo o processo.

Um bom case de aplicação da metodologia Lean Inception é a Magazine Luiza. A empresa é uma das maiores varejistas do Brasil e conta com o Luiza Labs, uma fábrica de desenvolvimento de soluções digitais e novas tecnologias para as suas plataformas de vendas. O time de desenvolvedores da companhia utiliza como metodologia de trabalho a Lean Inception.

Descubra como aplicar Lean Inception em seu negócio

O principal problema da criação de produtos digitais é tomar muito tempo e, consequentemente, muitos recursos — o que faz com que a empresa perca time-to-market em alguns casos. Ou seja, quando o produto finalmente está pronto, o mercado já não tem uma grande demanda dele ou outra solução já supriu essa necessidade.

O objetivo da Lean Inception não é criar o produto em si, mas sim criar um rascunho do que ele será, sendo que isso deve ser feito no prazo máximo de uma semana, reduzindo a solução e tirando o foco de funcionalidades que não serão extremamente necessárias.

A seguir, separamos as etapas necessárias para aplicar a Lean Inception de forma eficaz.

Recrutamento

O processo de Lean Inception é colaborativo. Portanto, para ter sucesso com essa metodologia, é fundamental reunir o máximo de interessados no produto final, como os desenvolvedores, diretores, gerentes e outros stakeholders. Além disso, dentro do grupo, é preciso eleger uma pessoa que será responsável por "bater o martelo" e encerrar o processo.

Ferramentas

A metodologia de Lean Inception utiliza diversas ferramentas para o desenvolvimento de uma ideia sobre o MVP, por exemplo, Brainstorming e Design Thinking. Ambas permitem que todos os envolvidos colaborem com ideias para o produto final, sendo que cada pensamento é analisado rapidamente em grupo e só aqueles realmente essenciais são levados para a frente.

Criação

Um ponto importante sobre a Lean Inception é que, para ela funcionar, é preciso sempre começar um projeto do zero, sem que qualquer ideia tenha sido testada, pois apenas dessa forma o projeto fluirá de forma natural no grupo. Infelizmente, não é possível aplicar essa técnica em produtos que não estão progredindo, como forma de acelerá-los.

Problemas

O foco inicial do grupo de criação deve ser os problemas enfrentados e como aquela solução pode resolvê-los. Nesse momento, devem ser feitas apresentações, pontuando e explicando os problemas, definindo as personas e fazendo um fechamento de tudo o que foi discutido e resolvido.

Soluções

Em um segundo momento, depois da definição dos problemas enfrentados, é hora de criar uma visão de produto que resolva exatamente os pontos indicados na fase interior. Aqui é definido o que a solução será e o que ela não será, o que ela vai fazer e o que não fará, até que um rascunho de MVP seja formulado e aprovado pelo grupo.

Conheça as vantagens da metodologia para criação produtos

A principal vantagem da aplicação da técnica de Lean Inception é a diminuição do tempo para criação de produtos digitais, algo fundamental para empresas do segmento de tecnologia que precisam ter respostas rápidas para se manterem competitivas no mercado.

Em consequência dessa agilidade, há também uma economia de recursos financeiros e de tempo, pois as organizações conseguem dar respostas mais rápidas aos anseios das suas personas e necessitam de menos investimento para isso.

É claro que o MVP não é o resultado final no processo de desenvolvimento de um produto. Após sua finalização e comercialização, é preciso fazer estudos de outras necessidades do consumidor, a fim de produzir algo de maior valor e evoluí-lo.

Contudo, o foco do MVP é priorizar o essencial e ajudar as empresas a desenvolverem um produto que já possa ser comercializado e que atenda às necessidades básicas dos consumidores, para depois ir melhorando a solução.

A Lean Inception é uma das melhores metodologias ágeis para criação de produtos digitais de forma rápida e enxuta, sem perda de tempo com funcionalidades não essenciais, reduzindo recursos financeiros e tempo e, assim, garantindo melhores resultados.

Para receber mais conteúdos com este, assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades do nosso blog!

Saiba qual curso do Emeritus tem tudo a ver com você!Powered by Rock Convert

Comente

Receba Conteúdos exclusivos
sobre Business Management!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.