info Declaração sobre o COVID-19

Apesar de o vírus estar afetando a todos de formas diferentes, os nossos cursos online continuam, como planejado.
Considere a oportunidade de se juntar à nossa sala de aula global e online, tendo, dessa forma, uma experiência enriquecedora e interativa que vai estimular a sua carreira.

Gamification: como usar gamificação nas empresas

Emeritus |12 junho, 2020 | 6 - minutos para ler

Líderes de diversas empresas estão focados em buscar modos de engajar suas equipes, a fim de melhorar os resultados obtidos por meio do aumento da produtividade. Nesse sentido, há o crescente uso de estratégias de gamification nas organizações.

A eficácia da gamificação foi comprovada com uma pesquisa realizada pela TalentLMS em 2019, que questionou 900 trabalhadores sobre a efetividade da gamificação no ambiente profissional. A maioria dos entrevistados, quase 90%, relatou que tal estratégia faz com que eles se sintam mais produtivos e felizes no trabalho.

É provável que você pense que essa efetividade na gamificação é algo para as novas gerações. Contudo, historiadores e antropólogos do século passado já diziam que a espécie humana poderia ser chamada de homo ludens, traduzida para português como homem que joga. Ou seja, para esse grupo, o jogo é algo inerente à cultura humana.

Diferentes aplicações de gamification já estão sendo feitas em muitas empresas com diversos objetivos. E o uso dessa metodologia deve se tornar ainda mais popular. De acordo com a Gartner, o investimento nessa área deve chegar a US$ 5 bilhões, sendo usada por 70% das empresas em todo o mundo.

Sendo assim, convidamos você a fazer uma imersão no tema para que possa aprender a usar a gamificação na sua organização.

O que é gamification?

Como você deve imaginar pelo nome, gamification é o uso de estratégias de jogos, transformando atividades do dia a dia em verdadeiras competições. Independentemente da ação que está sendo gamificada, o objetivo é sempre gerar uma melhor experiência e engajamento dos participantes — além, é claro, dos resultados operacionais da empresa.

A gamificação é muito utilizada, por exemplo, em projetos de recursos humanos e de marketing para lançamento de novos produtos, em testes de inovações e em treinamentos de novos sistemas pela equipe de sucesso do cliente. Independentemente de qual seja meta final que deve ser alcançada, o propósito, como já falamos, é gerar mais engajamento dos participantes com o uso de jogos — sejam eles de tabuleiro ou videogames — que façam com que, cada vez mais, os jogadores busquem um melhor desempenho.

Um dos pilares da gamificação é a competição. Por isso, quando as empresas estão aplicando gamification, é comum ter um sistema de recompensa e reconhecimento público daqueles que estão obtendo o melhor desempenho.

A vontade de ser o grande campeão do jogo faz com que exista o aumento do trabalho em conjunto e do senso de urgência na equipe. Tudo isso para atingir os objetivos determinados do jogo e proporcionar ao vencedor a sensação de especialista.

Quais são os benefícios da gamificação?

gamification

Para quem não está familiarizado com esse conceito de gamificação, isso pode soar como brincadeira. Entretanto, garantimos que essa metodologia é algo extremamente profissional e benéfico para empresas de diferentes segmentos. Não à toa vem sendo cada vez mais usada no ambiente empresarial.

Engajamento

Se você é líder de um grupo de pessoas, já deve ter percebido que elas precisam ter um propósito e compreender por que certas ações são importantes para que se engajem e trabalhem por isso. Por esse motivo, a gamificação faz com que o engajamento da equipe seja maior.

Além de compreender aonde deve chegar, há o fator competitividade, que é inerente ao ser humano. A competição faz com que ele se supere em diversos pontos para ser o ganhador do jogo e se diferenciar dos demais participantes.

Transparência

Uma vez que todos estarão trabalhando para alcançar determinado resultado, é fundamental que os participantes tenham acesso aos dados acerca das operações da empresa. Em muitos casos, essa situação faz com que os colaboradores tenham acesso a informações que, até então, eram desconhecidas. Isso possibilita que eles mesmos julguem e façam análises sobre os dados.

Além disso, é comum que os gestores deixem livres os dados sobre o desempenho de todos para acesso daqueles que fazem parte da competição. Dessa forma, comprova-se a transparência do game, bem como das suas regras, que acabam sendo reconhecidas como justas.

Produtividade

Podemos dizer que engajamento e motivação — já destacados anteriormente — são maneiras de perceber a felicidade das pessoas ao trabalhar em um projeto. O aumento da produtividade é uma consequência de melhora no engajamento e na motivação dos colaboradores.

Por meio de métricas claras do jogo, a produtividade de todos será medida e exposta para todos os funcionários da empresa ou da equipe — mostrando a transparência que descrevemos no item anterior. Mas, além da exposição, outro ponto que leva ao aumento da produtividade é o fato de que todos desejam ser líderes da competição. Em geral, para isso, é necessário produzir mais e melhor.

Autonomia

Especialistas em gestão de pessoas e na aplicação de gamification, essa metodologia é sinônimo de autonomia. Por que? Simples. Os participantes precisam descobrir seus próprios métodos de trabalho para entregar mais resultados, conquistar a liderança do jogo e, claro, driblar os desafios que aparecem no meio do caminho propostos pelos jogos, a fim de serem recompensados.

Todas essas ações são realizadas sem ninguém dar essas ordens especificamente. O participante apenas cumpre o que o jogo está propondo a ele. Isso nada mais são do que desafios inerentes do negócio da sua empresa.

Feedbacks valiosos

A estratégia de gamification resulta em feedbacks extremamente valiosos, para que você evolua em processos e, consequentemente, gere melhores resultados. Entretanto, é possível tornar os feedbacks uma parte do jogo também.

Por exemplo, estimular determinados comportamentos e ações que, quando realizados, resultam em pontuações extras. Ou, caso alguma conduta não esteja de acordo com o que é esperado de um colaborador, ele perderá pontos no jogo.

Como usar gamificação na empresa?

Gamification pode ser usado de diversas maneiras. Tanto como forma de melhorar a produtividade e o engajamento dos colaboradores quanto para o incentivo do uso de uma nova ferramenta pelos seus clientes. Além disso, engana-se quem pensa que gamificação está atrelada ao uso de tecnologias e aplicativos online. É possível criar e executar games no mundo offline também.

Assim como toda estratégia, é importante entender o objetivo da gamificação para iniciar sua construção e execução. Tendo isso em mente, outro ponto muito essencial é conhecer o perfil dos jogadores, suas necessidades e seus gostos. Isso ajudará você a buscar referências de jogos e temáticas para construir algo que realmente gere engajamento e aumente o número de participantes do game.

A comunicação sobre essa iniciativa da empresa, assim como ter as regras disponíveis e com fácil acesso, são fundamentais para o sucesso da sua gamificação. O marketing e a divulgação também são fundamentais para que o jogo seja um sucesso de participação e de resultados.

Por último, vivemos na era Big Data. Logo, como qualquer operação da organização, a gamificação merece acompanhamento constante e próximo. Pela análise do engajamento dos colaboradores e dos resultados gerados, é possível fazer adaptações de forma rápida e ágil, com o objetivo de proporcionar uma experiência ainda melhor.

Gamification é algo divertido, mas muito profissional, visto que está diretamente ligado ao crescimento da empresa e faz parte do ambiente profissional. É uma forma leve de fazer com que os colaboradores se engajem por um propósito e melhorem sua produtividade. Para isso, como falamos, é crucial estar de acordo com o perfil e a cultura da organização. Se você já usou essa estratégia na sua empresa, compartilhe a experiência conosco nos comentários.

Comente

Receba Conteúdos exclusivos
sobre Business Management!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.